12 de fevereiro de 2014

POR QUE EU GOSTO TANTO DE VOCÊ?


No mundo, na vida, nas pessoas
em cada uma delas, e em mim mesma
há tantas coisas que eu não entendo,
tantas...

Uma das muitas coisas que não entendo
é por que eu gosto tanto de você.

Muitas vezes fico te olhando
(adoro te olhar!)
e pergunto a mim mesma
o que é isso de gostar tanto assim de você?

Seria porque você é homem,
corpo e jeito diferente do corpo e jeito que é o meu?
Não.

Conheço e conheci outros homens
e mesmo daqueles homens de que mais gosto
e de que mais gostei

nunca gostei tanto quanto gosto de você.

Será porque você é acordado, inteligente e lúcido;
mais pé no chão do que eu?
Não.

Conheço e conheci outras pessoas inteligentes,
acordadas e lúcidas,
mais pé no chão do que eu
e mesmo daquelas pessoas inteligentes de que mais gosto

nunca gostei tanto quanto gosto de você.

Seria porque você é marrom?
Por esse tom de marrom, madeira-carne
que atrai meus olhos e minha cor?
Não.

Conheço e conheci outras pessoas marrons
em belos tons
e mesmo daquelas pessoas marrons de que mais gosto e mais gostei

nunca gostei tanto quanto gosto de você.

Seria a temperatura da sua pele
que é sempre diferente da temperatura da minha pele?

Mas nem mesmo sei se a sua temperatura é mesmo outra
ou se sou eu que sinto esse grau a mais de calor
no grau a mais do meu querer.

Não sei.

Sei que depois que toquei a sua pele,
nunca uma pele com tanta força me respondeu.

Seria o cheiro que você tem
diferente e quente
com gosto e sol?

Mas se nem sei se o seu cheiro é mesmo tão.
Mais quente e bom
ou se é a minha pele que te absorve
antes de você chegar.

Não sei.

Sei que tocar você é quase a melhor coisa que faço na vida
Sei que o toque mais casual é feito de um querer quase violento,
quase sagrado;

Te tocar é quase um grito que não é meu
Parece que a minha pele quer te vestir

E eu não entendo,
fico pensando e nada parece fazer sentido.

Não sei.

Não sei por que eu gosto tanto de você.